Associados
Tamanho da fonte: 1 2 3
26/02/2019 - 20:29:01

Air France-KLM passa a oferecer partidas diárias de Fortaleza para Europa.

SINDIEVENTOS-CE

O novo centro de voos do grupo Air France-KLM em Fortaleza, no Ceará, inaugurado em maio do ano passado, ganhará nova frequência para Amsterdã partir de 2 de abril concretizando os planos da companhia de oferecer partidas diárias a partir da capital nordestina. Com o novo voo, a empresa passa a operar quatro frequências semanais da KLM ligando a capital cearense a Amsterdã e outras três partidas da Air France para Paris.

Para Seth van Straten, diretor comercial do Grupo Air France-KLM para a América do Sul, o lançamento de mais um voo semanal em Fortaleza é prova do rápido crescimento que a empresa tem registrado no País. "Fortaleza é o grande destaque da companhia se olharmos nossas operações no Brasil, com planos de ligar o País de Norte a Sul. Queremos ampliar a presença no País e o sucesso do hub em Fortaleza é prova de que isso é possível", afirmou ao definir o Brasil como um dos "focus market" da companhia.

A partir de Fortaleza, passageiros da Air France-KLM têm conexões disponíveis para Manaus, Belém, Brasília, Salvador, Recife, Natal, Teresina e São Luís com a parceria Gol.

No Sudeste, o grupo europeu já opera 38 partidas semanais para a Europa, sendo 14 voos da Air France de São Paulo para Paris e outros sete da KLM para Amsterdã. No Rio, são 10 voos para a capital francesa e outros sete rumo a Holanda por semana. Com a nova frequência em Fortaleza, o grupo passa a operar 45 voos semanais para a Europa.

Sobre a parceria com a Gol, firmada há cinco anos, o executivo disse estar bastante feliz com a atual situação. "Acredito que fizemos a escolha certa e vemos oportunidade de ampliar essa parceria em termos de oferta", afirmou.

Balanço

Mais cedo, o grupo europeu divulgou o balanço do ano de 2018 que mostrou aumento de 2,1% na capacidade total da companhia. Na América do Sul, as rotas tiveram reforço da capacidade de 8,6% impulsionado pelo crescimento de voos para destinos andinos e com a abertura do novo centro de distribuição de voos em Fortaleza. Na região, a receita da empresa teve comportamento estável e em linha com as expectativas "apesar do fraco segundo semestre de 2018, devido a dificuldades econômicas na Argentina e incertezas políticas durante as eleições no Brasil", cita o balanço do grupo.

Fonte: Terra  


Comentários





Document