Associados
Tamanho da fonte: 1 2 3
26/04/2019 - 19:57:41

Avianca, cancelamentos e voos

SINDIEVENTOS-CE

Atualmente, o grupo Avianca realiza rotas diárias para Lima (Peru) e Bogotá (Colômbia) a partir de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

A Avianca Holdings afirmou que os voos partindo do Brasil seguem normais. A holding reafirmou que as frequências partindo de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre não sofreram alterações e salientou que a OceanAir (atual Avianca Brasil) é uma companhia independente do grupo.

Atualmente, o grupo realiza rotas diárias para Lima (Peru) e Bogotá (Colômbia) a partir de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Assim, a holding reforçou que estes voos não sofreram alterações. (Fonte: Brasilturis)

 

Avianca devolverá 18 aviões a partir de 22 de abril.

 

A companhia ficará com sete aviões. Balanço da Anac aponta que a companhia, em recuperação judicial, tem 25 aviões. Número de voos terá que ser reduzido em razão da devolução de aviões.

A Avianca Brasil devolverá 18 das suas 25 aeronaves a partir 22 de abril, informou quinta-feira (18) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Quando a devolução for concluída --o prazo final não foi informado pela agência ou pela empresa--, a empresa ficará com sete aviões na frota.

A devolução será feita aos donos dos aviões, conhecidos como "lessores"; oito aviões pertencem à GE, seis à Aviation Capital Group e quatro à Vermillion. Quarta (17), a Anac havia dito que seriam oito aviões devolvidos --então, novos acordos foram feitos nesta quinta. O pedido da agência foi para que a devolução ocorresse depois da Páscoa.

A Avianca Brasil está em recuperação judicial e suas operações têm sido impactadas por decisões judiciais que determinaram a devolução de aviões por falta de pagamento. Em consequência disso, voos tem sido cancelados diariamente --são mais de 300 desde quinta.

A atualização dos voos cancelados também pode ser visualizada na página da Avianca Brasil. (fonte G1)

 


Comentários





Document