SANSÃO DO PERSE – PROGRAMA EMERGENCIAL DE RETOMADA DO SETOR DE EVENTOS – LEI 14.148

SANSÃO DO PERSE – PROGRAMA EMERGENCIAL DE RETOMADA DO SETOR DE EVENTOS – LEI 14.148

Todas as instituições do setor de eventos celebraram a sanção do Perse pelo presidente Jair Bolsonaro. A instituição do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE) e do Programa de Garantia dos Setores Críticos (PGSC) agora estão na Lei 14.148 e prevêem um auxílio temporário, sendo imprescindíveis nesse momento para a recuperação do setor de eventos.

A sanção Perse é o reconhecimento de que o setor não é mais invisível e levará ajuda a milhões de pessoas em todo o país. Os Deputados que apresentaram o Projeto, ofereceram suporte a essa importante atividade econômica, que foi duramente atingida ao longo da pandemia. A sanção presidencial, ainda que com os vetos, tem um simbolismo muito grande, pois será indutor de novas medidas de incentivos regionais para a recuperação gradual do setor.

A indústria do entretenimento, dos eventos e do turismo são as primeiras a receberem uma ajuda por meio de uma lei específica, em função do que vem passando. Independente dos vetos ocorridos, esta é uma importante demonstração de percepção da relevância do setor, que irá pautar e incentivar outras iniciativas, que deverão fortalecer um pacote efetivo de atuações para a retomada dos eventos, quando possível.

Com a aprovação em todas as instâncias, mais de 6 milhões de trabalhadores, de 640 mil empresas e de 2 milhões de micro empresários poderão contar com o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos. esperança na complementação das medidas do projeto original, por parte do governo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *